Em vez de bater a bola longa no corredor lateral, como a maioria dos jogadores fariam, e que provavelmente o levaria à perda da bola, Luka Modrić faz diferente e não só mantém a posse de bola como permite a opção pelo contra-ataque à equipa.

Intensidade… no futebol… não é fazer muito ou depressa. É fazer bem no tempo certo.